PRATA (MaisPrata)

Untitled.jpg

Consulte-nos para saber sobre valores.​


A galvanização ou eletrodeposição consiste em mergulhar a semijoia (feita geralmente de prata, cobre, cádmio, latão, paládio ou níquel) em uma solução eletrolítica com a presença do metal desejado. Por exemplo, o metal-base é mergulhado em uma solução de sais de ouro que está dentro de um recipiente próprio (tanque) com um ânodo (transportadores de corrente elétrica).


Esse tanque tem uma regulagem de voltagens que deve estar em conformidade com a superfície da peça e com o tipo de metal que receberá o banho. O ferro é um metal que não pode receber esse tipo de banho. Junto do metal-base mergulha-se uma barra de ouro. Nessas condições, o ouro é transportado pelo líquido e depositado sobre a peça a ser dourada.


O tempo que a semijoia fica mergulhada na solução e a espessura do metal depositado na superfície da peça, determinam o tipo de banho. É importante saber que “muito tempo” nem sempre traz o melhor resultado e que uma peça pode passar por mais de um tipo de banho. Antes do banho, é necessário dar um bom polimento na peça ou se tiver acabamento fosco (acetinado, jato de areia, diamantado), ela também deve ser fosqueada antes.


Para que este procedimento seja concluído com qualidade é recomendado que o profissional do ramo galvânico seja bem treinado e que os produtos e o maquinário estejam em ótimas condições.