Anodo de Cobre

Você já verificou os anodos este ano?


A qualidade química e física dos anodos de cobre exercem grande influência no processo de refino eletrolítico, sendo necessário um adequado controle dos anodos utilizados.


Alguns problemas estão comumente associados às variações químicas e físicas do anodo durante a eletrólise como: A passivação anódica e a nodulação dos catodos.


A passivação anódica é a inibição das reações de dissolução causada pela formação de uma película indissolúvel, resultando em perda da capacidade de produção, aumento de custos de energia e diminuição da qualidade do catodo.


Em geral, as impurezas no anodo podem existir como solução sólida com a matriz de cobre (Ni, As, Sb e Ag) ou como fases precipitadas nos contornos de grão e compostos intermetálicos (Bi, Pb, Se e S).


Quando o anodo apresenta o composto Cu3As, ocorre maior dissolução da matriz de cobre, por ser esse composto mais nobre. Quando é formada uma película de bismuto no contorno de grão durante a solidificação do anodo, este dissolve mais rapidamente que a matriz de cobre por ser menos nobre.


A forma como essas impurezas estão presentes no anodo influenciam quantitativamente e qualitativamente a eletroquímica da dissolução do anodo de cobre.


Fique ligado com a qualidade do anodo que está utilizando no banho, o barato pode sair caro! 


Grande Abraço!


Akaoã Froes Martins
MAISQUÍMICA 
Fone: (19) 98211-0057